quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

EDIÇÃO 2010

Temporal causa destruição
Casas foram destelhadas no Três Marias
O temporal que atingiu a Região Metropolitana na tarde do dia 18 de dezembro deixou um rastro de destruição em várias cidades. Em Esteio, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros da cidade, após a tormenta, a unidade havia recebido aproximadamente 20 chamados, num curto espaço de tempo. Apesar de não ter havido feridos, o pouco tempo de ventania ocasionou em preocupação para os munícipes. Entre os atendimentos prestados foi a retirada de uma árvore que caiu sob uma casa, localizada na Rua Santana, bem como um outro arbusto caiu num imóvel situado na Rua das Estremosas, no Santo Inácio. O tapume de uma obra, que fica na Avenida Padre Claret, no bairro Parque Amador tombou em direção a rua, fazendo com que pedestres e motoristas dobrassem a atenção ao percorrer pelo local. No bairro Três Marias, algumas casas ficaram destelhadas, devido a intensidade do tempo. Alguns pontos de Esteio e também de Sapucaia do Sul, as famílias sofreram com a falta de energia elétrica e também de água. Segundo a assessoria de imprensa da empresa de energia elétrica que atua na região, em Esteio, aproximadamente 7,3 mil clientes ficaram sem luz e em Sapucaia do Sul, sete mil. O reestabelecimento ocorreu em alguns pontos somente na noite do dia 19. Segundo a Defesa Civil de Esteio, cerca de 250 residências foram destelhadas. Duas equipes do órgão circularam pela cidade e distribuindo lonas, emergencialmente, para as famílias de menor poder aquisitivo para amenizar os problemas. De acordo com o coordenador da entidade, Luiz Carlos Bastos Terra, cerca de 900m² de lona foram distribuídas. No bairro Novo Esteio, alguns galhos de árvores situados na Avenida Celina Chaves Kroeff caíram no canteiro central.

Um ano depois da tragédia
Uma das residências devastadas pelo tornado
No dia 21 de dezembro, foi lembrado por muitos moradores, principalmente do Novo Esteio, um ano da passagem do tornado que devastou a localidade. Naquela noite, dezenas de casas foram destruídas pela forte do vento, assim como postes de iluminação arrancados. Árvores de grande espessura caíram sob casas e na rede elétrica, deixando por vários dias os moradores sem luz, em plena véspera de Natal. Outro local que também sofreu as conseqüências dos ventos que quase chegaram a 200 km/h foi os pavilhões e espaços no Parque Assis Brasil. Grande parte dos pavilhões tiveram telhas arrancadas. Praticamente 70% do parque foi destruído. Mas tudo ficou em ordem em agosto para a Expointer e parte dele para a Expoleite/Fenasul.


Praças são revitalizadas
Recuperação tem por objetivo as pessoas utilizarem os espaços públicos 
Os moradores dos bairros Tamandaré e Vila Osório já podem desfrutar de espaços públicos totalmente revitalizados. As revitalizações das praças do Premem e da Vila Osório serão entregues a comunidade. Os locais receberam reforma no passeio público e nas quadras, além de bancos, ações de paisagismo, troca dos playgrounds e a implantação de academias ao ar livre, como a que foi instalada na Praça Coração de Maria. Na Praça do Premem, as traves da quadra de esportes foram reparadas e o espaço receberá nova tela de proteção e marcações. Plantio de mudas de bromélias, grama, pintura e colocação de saibro também foram realizadas. As árvores receberam levantamento de copa e melhorias no ajardinamento. Na Vila Osório, onde as ações iniciaram na segunda semana de dezembro, foi realizada a abertura do solo para correção da drenagem e construção de floreiras, além do plantio de mudas de amarílis e manutenção da tela de proteção.



Avenida Brasil é inaugurada com festa em Esteio 
A OBRA foi projetada há mais de cinco anos e tem por objetivo acabar com os alagamentos em parte da cidade
À tarde do dia 20 de dezembro entrou para a história da cidade, quando marca a inauguração da maior obra já realizada no município, a Avenida Brasil. Representantes de diversos segmentos da comunidade local e regional estiveram prestigiando o evento, que iniciou por volta das 16 horas. Um palco foi montado na rotatória com a Rua Rio Grande. A primeira atividade que marcou a festa foi a participação de aproximadamente 200 corredores que estiveram em uma rústica. O percurso foi entre a ponte Enéas Teredo Buscari, que interliga a Avenida Brasil com a Presidente Vargas até o final da via, na Rua Dona Isabel, no bairro São José. A medida que cruzavam a linha de chegada, os corredores recebiam as medalhas de participação. Depois, os campeões foram chamados em frente ao palco para receberem os troféus. Por volta das 17 horas, ciclistas de todas as idades tomaram conta da avenida, para o passeio ciclístico pelo mesmo percurso. No final, foi sorteada uma bicicleta. Entre as atrações da festa estava brinquedos infláveis, artistas locais e o Grupo de pagode Zoeira.
PAVIMENTAÇÃO - Segundo o prefeito Gilmar Rinaldi, essa obra vem sendo aguardada há muitos anos pela comunidade e não irá beneficiar somente as famílias que residem ao redor, mas todos os munícipes. “Além da entrega da via expressa, dentro do programa de pavimentar a cidade, estamos melhorando a trafegabilidade nas vilas Guterres, Bom Jesus, Vila Nova e Navegantes”, destacou Rinaldi. Ele salientou que o apoio dos líderes comunitários, bem como do Legislativo para dar continuidade a ações em prol da comunidade. “Precisamos fazer com que as pessoas se tornem um fiscal ambiental e monitore para que não seja jogado lixo nos arroios e preservem a natureza, tanto no entorno da obra, como também em outros pontos da cidade”. Morador da região, o presidente da Câmara de Vereadores Leonardo Dahmer fez um breve relato da mobilização da comunidade nos últimos anos. “Foi através da luta dos moradores que cansados de enchentes resolveram buscar uma alternativa com o Poder Público. Hoje, temos uma grande conquista com a entrega da Avenida Brasil, mas precisamos fazer ainda mais”, ressaltou Dahmer.
Lideranças do bairro comentam sobre a Avenida 
O líder comunitário Francisco Borges fez um agradecimento especial a todos que trabalharam para a execução da obra e fez um pedido para seus vizinhos e para todos os esteienses. “Peço a toda a comunidade da Vila Nova, Navegantes e arredores que nos ajudem a cuidar dessas obras que estão fazendo construídas para o bem estar das famílias”, disse Borges, referindo-se aos projetos de urbanização que estão sendo executados na comunidade. Quem também estão otimistas são a esteiense Rosane Couto, 53 anos, e Nelson Coelho, 59. “Venho acompanhando desde que era só um projeto. A avenida está abrindo novos caminhos pra cidade e vai trazer muitas melhorias pra nós. Vai segurar um pouco mais as águas”, comentou Rosane. “Sofremos muito com as cheias. Essa obra vai nos ajudar muito a nos tirar das enchentes”, destacou Nelson, que há 30 anos mora na Guterres.


Maria com o filho Mário Nunes
Esteiense com 104 anos relata um pouco sobre sua vida 
MARIA NUNES foi uma das pioneiras no ramo alimentício e de trabalhar no comércio da cidade 
Moradora de Esteio desde 1962, Maria Nunes Dias tem muita história para contar com seus 104 anos de experiência e muitas vivências. Natural do município de Glorinha, na Região Metropolitana, nasceu no dia 05 de dezembro de 1911. Ainda na infância foi morar em Porto Alegre, mas devido as dificuldades da época e com um filho que sofria de ataques, soube que em uma cidade perto da Capital e que em suas imediações estava sendo construída uma refinaria (Alberto Pasqualini), resolveu se instalar em Esteio. “vim direto e resido até hoje na Rua Pedro Lerbach (antiga rua São Lourenço), em frente a Igreja do Mestre. A fé ajudou a curar meu filho em menos de um ano. A partir de então finquei raízes nesse solo e não pretendo sair mais”, disse Maria Nunes. A aposentada relatou que por muitos anos era dona de um restaurante e pensionato na região. Acordava por volta das 5 horas para fazer o café da manhã dos funcionários que estavam trabalhando na obra. “Fui talvez uma das primeiras pessoas no município então emancipado a ter geladeira, que teve que trazer de sua antiga moradia para poder guardar os alimentos”. Entre 1962 até meados de 2015, Maria Nunes foi responsável pelo Armazém Dias.
LEMBRANÇAS - Maria Nunes relatou que ao vir morar em Esteio, a maioria das ruas era de chão batido e em poucas casas havia eletrodomésticos, somente quem vinha da Capital ou possuía um poder aquisitivo elevado para a época. “Apesar de todos os obstáculos enfrentados ao longo da vida valeu a pena tudo que passamos. Na casa dos pais, quando crianças a situação era precária, tanto que houveram dias em que a comida ficava restrita apenas no pirão de farinha de mandioca. Isso era para alimentar 15 irmãos”, enfatizou Maria. Um dos filhos de Maria, o funcionário público aposentado Mário Gilberto Nunes, 64 anos, destacou que é uma satisfação para a família observar que uma mulher com mais de um século de vida tenha essa vivacidade. “É uma guerreira, que além das pedras no caminho, com mais de 90 anos venceu um câncer de mama. Tanto que não precisou fazer praticamente nenhum tratamento, somente compressas de água morna e muita fé”. Maria Nunes tem seis filhos e recentemente foi homenageada pela Câmara de Vereadores do município, durante a Semana da Consciência Negra da cidade, ao receber uma distinção através da indicação da vereadora Jane Battistello.


PE. ANDRÉ BOANERGES CARBONERA 
Missionário Claretiano
NATAL OU LAZER? 
Término da aula de catequese. A catequista deixou uma pergunta: Para mim, o que significa o Natal?... Houve muitas respostas. Grafarei algumas... No Natal, irei conhecer o Nordeste. Visitarei o Norte do Brasil... Permanecerei uma semana, na praia. Passarei o Natal no Sul do País... Comprarei presentes para meus afilhados. Durante o ciclo natalino, arrumarei os dentes... Eu?... Farei exames médicos... Telefonarei párea diversos amigos. Trocarei de carro... Pintarei minha casa... Comprarei roupas novas... Preciso arrumar os dentes... Irei ao meu médico... Encontrar-me-ei com amigos... Natal superficial... Pouquíssimos falaram em visitar doentes e pobres. Alguns afirmaram que participarão das Novenas s de Natal e que irão às Missas. E nós, como somos? O Natal, de fato, aproxima-nos do Menino Jesus e da Mãe Dele?... Não esqueçamos: “Natal, sem Jesus, não é Natal!” Transformante e abençoado Natal! Menino Jesus, reinai  em nossas famílias! Muito Boas-Festas!

Escritor esteiense lança seu 
primeiro livro de poesias 
ENTRE OS ASSUNTOS abordados estão memórias da vida e o trabalho musical que esteve presente em festivais pelo Estado
Luiz Duarte na festa concedendo autógrafos aos leitores
O poeta e escritor esteiense Luiz Alberto Nunes Duarte realizou na noite do dia 17 de dezembro, a festa de lançamento de seu primeiro livro ‘Assim é minha vida entre paixões e poesias’. O evento ocorreu no saguão do prédio da Câmara de Vereadores. Luiz Duarte ressaltou que o seu gosto pela literatura e a cultura surgiu por volta dos 12 anos, quando ainda morava na cidade de Arambaré. “Uma das primeiras influências foram os poetas Darci Fagundes de Luiz Menezes, que apesar de estilos parecidos, tinham uma maneira diferente em declamar poemas”, disse. O poeta comentou que em 1975, ao chegar em Esteio para trabalhar, uma das pessoas que teve a oportunidade de conhecer, que já havia um envolvimento com as palavras foi o professor e escritor Jauri Machado. “A partir disso, fui convivi com outros poetas da cidade como Ester Fujisawa e também alguns de Porto Alegre. Isso ajudou abrir os horizontes para incrementar ainda mais meu trabalho”.
MÚSICA - O poeta relatou que a ideia em escrever o livro surgiu pelo incentivo do jornalista Rodrigo Prux, que também foi o autor do prefácio da obra, e do escritor Esteban Rey Fontan, que sugeriu colocar em um livro alguns dos principais trabalhos já desenvolvidos ao longo das décadas. “Além de poemas ligados ao cotidiano do bairro onde reside, da cidade onde nasceu e que vive atualmente, bem como poesias que se tornaram músicas, pelas mãos do músico Gerson Mattos”. De acordo com Luiz Duarte, muitos de seus poemas se tornaram canções que foram premiadas em festivais de música pelo Estado, como a Guyanuba da Canção Nativa, de Sapucaia do Sul, o 2º Festival de Poesia, de Esteio, nos anos 90; entre outros. “A parceria nos proporcionou para que possamos mostrar os talentos que existem na cidade, no que tange a música e a literatura”. A partir de janeiro, o livro, de aproximadamente 100 páginas pode ser adquirido, em um quiosque do Shopping Vida Bella e com o próprio escritor. Além disso, os leitores podem comprar na Feira do Produtor que acontece todas as sextas-feiras na Avenida do Ernesto Dorneles, no Santo Inácio. Duarte pretende lançar a obra na Feira do Livro do município em 2016.


Festa da Liga de Combate ao Câncer
Voluntárias e colaboradores que prestigiaram da festa
Para marcar o trabalho desenvolvido pelas voluntárias e colaboradores da Liga Feminina de Combate ao Câncer do município, a noite do dia 08 de dezembro, ocorreu um jantar de confraternização. O evento aconteceu no Sun 7 Premium, localizado no bairro Parque Amador. Na oportunidade, representantes de diversos segmentos da comunidade foram homenageados, entre eles, o diretor do Jornal e do Museu Histórico Destaque, Miguel Luz. Durante a solenidade, também foi anunciado, entre as novidades para 2016, a entidade foi anunciada como utilidade pública do município. Isso tem objetivo conseguir verbas tanto pelo Poder Público quanto da iniciativa privada. Segundo a presidente da Liga esteiense, Nahiene Closs de Andrade, apesar de alguns obstáculos enfrentados durante o ano de 2015, assim como ocorreu em outras entidades, temos somente o que comemorar e projetar a Liga para 2016. “Talvez o próximo passo seja dar início as obras do prédio na entidade, localizada na Rua Garibaldi, junto ao Clube Marechal Rondon, que também participou da festa”.


PREVISÕES 2016 

LORI EMANOELA - CIGANA 
O poder da palavra na vida das pessoas 
2016 SERÁ UM ANO também onde poderão 
ocorrer grandes mudanças no cenário político em 
todas as esferas e a justiça irá prevalecer
Conforme a cigana Lori Emanoela da Silva, através das cartas e das sensações, o ano de 2016 marcado por uma extensa e intensa vibração relacionada a boatos, algo como o popular ‘diz que me disse’. Isso deixa claro que pode ocorrer indisposição entre as pessoas e além disso, causar mau estar entre os seus. A justiça divina vai retornar com vivacidade e intensamente causando um certo desconforto aqueles que  causaram a dor aos outros. Este retorno imediato através da dor física. No que tange ao aspecto político, alguns lugares serão abalados politicamente, pois, aspectos negativos virão a tona, causando desconforto aos governantes. Quanto ao destino político da cidade, grandes mudanças, inclusive a bancada de vereadores terá grandes surpresas. Entre elas, a probabilidade que somente dois parlamentares serão reeleitos. Também está previsto uma mudança radical na administração governamental. O município será destaque por algumas ações no próximo ano projetando-se positivamente nacionalmente. Uma das dicas que pode ser transformar nossas vidas é o total cuidado com as palavras, pois, ela pode virar-se contra você no sentido de que terá de cumpri-la. Sugerimos que durante o período do Natal e Ano Novo, as pessoas possam acender na mesa das ceias um incenso de rosa branca, bem como ter flores brancas para harmonização, e felicidade. “Apesar de tudo devemos rogar a Deus mais misericórdia por aqueles que andam pela estrada colocando cacos de vidro, sem pensar que poderão ter que voltar pelo mesmo caminho”, destacou Lori.

MÃE MARLI
Uma nova esperança para o novo ano 
AS CORES azul, branco e vermelho terão um poder transformador no cotidiano das pessoas ao longo do ano que se aproxima
Para Mãe Marli e Pai Claudemir, o ano de 2016, terá como marca a consciência, da visão. Os orixás que irão reger o próximo ano é Iemanjá e Oxalá, juntamente com orixá Bará. Mãe Marli comentou que 2016, a humanidade começa a ter consciência dos erros e acertos, o que indica que será um período em que estaremos vendo as situações como realmente são. As cores predominantes serão azul, que é a cor do novo limpo do orixá Iemanjá, que tem por finalidade trazer a criação, uma nova esperança, diante dos problemas enfrentados pelas pessoas ao longo dos anos. Já o branco, representando Oxalá, trará a paz e a purificação. O vermelho é de Bará, que é focado na abertura dos caminhos e da transformação. De acordo com Mãe Marli, 2016 será o ano da clareza, no qual estamos enxergando e tendo a consciência do certo e do errado onde temos a força das águas e do sol, elementos principais para humanidade, comparando para melhor entender o pai e a mãe. “Um dos símbolos do próximo ano será a âncora e a pomba, devido ao poder transformar de ambos os objetos. Já na mesa tanto do Natal quando do Ano Novo, não pode deixar de ter junto a ceia, melancia, uva branca e a tradicional lentilha”.
ATOS E AÇÕES QUE PODEM OCORRER NO PRÓXIMO ANO 
AMOR - O verdadeiro permanecerá, mas poderá haver transformação
MUNDO - Muitos poderosos cairão, a verdade vem à tona, novas esperanças e como se tudo estivesse começando.
POLÍTICA - Desavença, muitas mudanças na política, em todas as esferas. Por ser um ano em que os eleitores irão às urnas eleger os novos prefeitos e vereadores, alguns políticos antigos cairão e novos personagens entrarão. Será uma transformação na política de aproximadamente 70%. Uma das características para o 2º semestre é que já teremos a visão de transformação, uma das marcas do orixá Bará. Ele abre os caminhos, para varrer o que só destrói, corrói, iludi, entre outros. Teremos a oportunidade de arrumar o que nós humanos estragamos, por outro lado, teremos a oportunidade de errar e nos destruirmos mais. É o ano de sabedoria e visão, estamos sabendo e vendo agora, depende de nós se queremos saber e ver ou só tirar proveito e nos destruirmos mais ainda.
SIMPATIAS 
Para limpeza da casa 
Ingredientes: Água, anil, perfume, guaraná, pipoca Modo de preparo: Espalhe a pipoca estourada, pela casa, coloque em uma garrafa pet, água, uma porção de anil, de perfume e guaraná. Estoure as pipocas e antes de dormir espalhe em toda casa. No dia seguinte quando acordar junte todas as pipocas e despache num verde. Os demais ingredientes são úteis para fazer a energização em todos os cômodos do imóvel.
Amor 
Ingredientes: Sete maçãs vermelhas, sete rosas, além de sete fitas vermelhas e brancas. Vaso branco e vaso preto Modo de preparo: Coloque as sete maças em um vaso branco e dentro as sete rosas branco em volta de um vaso preto e dentro as sete rosas somente rosa aberta e depois cruze as fitas por cima e espalhe mel por cima e deixa três dias na sua casa e leve até um verde. Obs: - Acenda uma vela branca e uma vermelha ou uma com duas cores (se tiver)
Dinheiro
Mantenha uma taça na sua estante na sala com água, perfume, mel e oito moedas de 10 centavos a cada quatro meses despachar, numa praça que tenha crianças e repetir esse trabalho a cada quatro meses. Para quem tem congar pode ser feito a cada 14 dias.

MÃE DALVA
2016: Um ano regido pela força da natureza 
e muita doçura 
O PRÓXIMO ANO será marcado também por mudanças 
em vários aspectos na sociedade e nas pessoas
Para Mãe Dalva de Xapanã, 2016 será regida pelos orixás Iemanjá, Nanã e Oxum, considerado o povo do doce, mas também terá a proteção de Bara Gelu e Oxalá. Mãe Dalva explicou que Nanã é mãe das mães e protetora dos doces e do barro. Já Oxum é a mãe das cachoeiras que trará fartura e união. “O próximo ano será marcado por muita água, catástrofes envolvendo principalmente barro e enchentes em várias partes do país”, comentou Dalva. As cores que não podem faltar em 2016 são azul, branco, amarelo e outras cores de tonalidades claras. Já na mesa do Natal e do Ano Novo, deve ter na ceia champanhe branca e flores brancas ou amarelas. “Um dos alimentos indispensáveis como o bolo de coco, em homenagem a Oxalá. O que também não deixar de ter na mesa são perfumes, destinados a Iemanjá”. Mãe Dalva informou que 2016 será um ano de mudanças, podendo ocorrer em alguns momentos desespero, que as atitudes que vem sendo tomadas ao redor do mundo. “Iemanjá vem fazendo as cobranças do passado, em especial aqueles que são filhos de Xangô”.
Algumas previsões para 2016 
MUNDO
Os primeiros três meses do ano não está descartada a possibilidades de ameaças e até ataques terroristas no exterior. Mas a partir de abril começa um novo período que pode ser trágico, principalmente nos Estados Unidos.
PAÍS
Apesar dos obstáculos enfrentados em 2015, o próximo ano poderá ter uma significativa melhora, no que tange a questão de empregos. Mas ainda a população sofrerá com problemas, como já ocorrido no ano anterior.
CLIMA
Pela forte influência de Iemanjá e Nanã, além das mudanças bruscas no clima, em 2016, podemos registrar não somente na cidade em outros estados do país, casos de enchente e enxurradas que irá devastar localidades, similar o que ocorreu no município de Mariana, em Minas Gerais. Um cuidado especial para cidades de Santa Catarina. Em função das alterações climática, os meses de janeiro e fevereiro, estará um tanto desiquilibrado, podendo alternar com períodos de calor e até de frio, algo raro para essa época do ano. Já o mês de março muitas cidades podem ser atingidas por ondas de calor intensa.
ELEIÇÕES 2016
Por ser um ano de eleições para a escolha de novos prefeitos e vereadores, estão previstos um começo na renovação do meio político que irá repercutir nos próximos anos. Para Esteio, o próximo chefe do Executivo Municipal já trabalhou no meio e tem experiência. Mas a partir de 2017 será um período de muita luta e de enfrentamento de problemas. Em Sapucaia do Sul, o próximo prefeito também será uma pessoa experiente na função.
POLÍTICA
Mãe Dalva observa que para Esteio, o cenário político ligado ao atual governo não terá muitas mudanças bruscas, como já ocorreu em anos anteriores. O prefeito Gilmar Rinaldi precisa cuidar da saúde, em relação a problemas ligados a tonturas. Por isso deve evitar andar sozinho, mas não é nada grave. Para Sapucaia do Sul, também poucas alterações ocorrerão ao longo do ano. Para o Estado, o governador José Ivo Sartori terá muitos problemas, assim como foi em 2015. Não vai conseguir colocar em dia as finanças do governo ainda. “É uma situação que vem se arrastando há décadas e estourou na atual administração. Precisa consertar o que está errado”. Em âmbito nacional, a presidente Dilma Rousseff está com a saúde fragilizada, em função do desgaste política que vem enfrentado com denúncias e o processo de impeachment. Ela precisa consertar e resolver os problemas deixados pelos ex-presidentes.
INGREDIENTES QUE NÃO PODE DEIXAR DE ESTAR NA MESA NO ANO NOVO
Mãe Dalva informa que tanto na ceia de Natal, quanto do Ano Novo, as pessoas devem ter champanhe branca e estourar, com o propósito de atrair energias positivas. Também deve ter entre os alimentos canjica branca e amarela, com bastante coco.


A competidora com um dos troféus
conquistados reentemente
Esteiense é destaque na Europa 
A JOVEM Desireé Godoy tem se destacado em campeonatos e ressaltando a presença da mulher no futebol de salão 
Desde março de 2015, a jogadora de futebol feminino Desireé Godoy encontra-se em plena atividade em um time da Espanha. Ela comentou que sua ida para o continente europeu ocorreu quando foi participar da seleção brasileira de futsal e conheceu outra jogadora. Durante um bate - papo ficou sabendo que uma equipe espanhola estava a procura de uma atleta, com um perfil similar ao seu. “Não demorou muito para os contatos fossem estabelecimentos e firmado o contrato para jogar em território espanhol”, disse Desireé. A jogadora destacou que os primeiros momentos na Europa não foram fáceis. Na semana em que estava previsto para embarcar, minha mãe teve uma torção grave no tornozelo, que acabou na fratura na tíbia e fíbula, que ocasionou sua internação no hospital. “Com dor no coração me despedi dela no leito da Casa de Saúde. Devido ao processo cirúrgico que passou, por pouco não desisti de tudo para ficar com ela. A recuperação foi demorada, que a deixou acamada por mais de dois meses”, disse a jogadora. Ela enfatizou ainda durante esse período, em julho, uma enxurrada que devastou Esteio também atingiu sua residência que resultou na perda de tudo que havia dentro de casa, pois pude observar que a água chegou a atingir mais de 1,80 metro dentro de casa. “Diante da situação caótica que se instaurou tive que voltar urgentemente para o Brasil, com o propósito de ajudar minha mãe que ainda não caminhava, em função da cirurgia. “Apesar de tudo consegui resolver alguns problemas pendentes e retornar ao trabalho”. Segundo Desireé, o contato que faz com a família, são pelas redes sociais, através de aplicativos de conversação on line, onde conversa praticamente todos os dias. “Um dos poucos familiares que não tenho quase acesso é meu pai é que avesso a essas tecnologias. Isso me faz com que sinta muita sua falta”.


SUZANA JABONSKI*
*Advogada
DIREITOS DOS FUNCIONÁRIOS DE EMPRESA QUE ENTROU 
EM FALÊNCIA! 
Em um ano de crise econômica e política como o que estamos vivendo, com o desemprego em constante crescimento, não raro somos surpreendidos com notícias de empresas que têm a falência decretada, tendo que encerrar suas atividades, demitindo centenas ou até milhares de funcionários sem o pagamento das verbas rescisórias a que têm direito. Na maioria dos casos, os empregados são pegos de surpresa, e se veem diante de uma situação de desconhecimento e insegurança. Ainda que seja dever da empresa pagar seus funcionários, a falência presume que a organização não tenha mais recursos para dar segmento a sua atividade. Recentemente os funcionários da empresa de O CALL CENTER - ATENDEBEM, sediado em São Leopoldo, anunciou o encerramento das suas atividades no dia 04 de dezembro, causando um número estimado de 600 demissões. Tais demissões surpreenderam todos os funcionários que ficaram numa situação de completo desamparo, visto que chegaram na empresa e nem puderam entrar para pegar suas coisas e além disso, estavam com salários e outros benefícios como o 13º e o fGTS atrasados. No caso de a empresa efetivamente fechar as portas sem o pagamento dos direitos trabalhistas aos seus funcionários, é preciso que estes procurem imediatamente um advogado trabalhista. Quando a demissão não é formalizada via CTPS, é necessário o ajuizamento de uma ação na Justiça do Trabalho para formalizar a demissão em juízo e assegurar o pagamento das verbas rescisórias devidas. Caso a demissão tenha sido feita pela empresa, sem o pagamento dos valores a que o funcionário tem direito, igualmente é necessário o ajuizamento de ação trabalhista para pagamento das verbas rescisórias e demais créditos existentes. As verbas rescisórias em caso de falência da empresa são as mesmas da demissão sem justa causa, ou seja, salário, férias, 13º salário, seguro desemprego e liberação do FGTS. É necessário que o trabalhador reúna todos os documentos que possuir relativos à empresa, tais como contracheques e CTPS, entre outros. De posse dos documentos e com o ajuizamento de ação na Justiça do Trabalho, será marcada uma audiência inicial com a presença do funcionário e do administrador da massa falida, oportunidade em que poderá ser feito um acordo entre empregado e empregador. Não senso feito acordo, ao final do processo o juiz proferirá sentença, determinando os valores a serem pagos ao ex-funcionário. O pagamento dos créditos trabalhistas é realizado no processo de falência, na Justiça Estadual, onde a massa falida arrecadará valores para sua quitação, a partir da venda de bens da empresa. Importante lembrar que, de acordo com a Lei de Falências, os créditos trabalhistas têm prioridade e são os primeiros da lista de credores, desde que o valor a receber seja de até 150 salários mínimos. Por fim, é importante esclarecer que mesmo que o trabalhador da empresa que entrou em falência não seja registrado na organização ele tem direito à remuneração daquilo que lhe pertence, de modo que quando existe a relação de trabalho, os direitos são garantidos. Nesses casos, é necessário provar na justiça o vínculo do ex-funcionário com a empresa por meio de documentos e/ou testemunhas.


JOSÉ NILO CORRÊA ALVES 
Ten Cel QOEM* 
Dia-a-dia na cidade 
E chegou o final de 2015. Ano difícil, cheio de complicações econômicas e políticas, preocupações de todos os lados. Mas é Natal e mais um Ano Novo que se inicia. Devemos, é claro, recordar e analisar o que passou. Mas, acima de tudo, devemos olhar pra trás e vermos o que poderíamos ter feito diferente para que tudo tivesse ter sido melhor. Como seria bom se nossas relações familiares e de amizade tivessem se fortalecido, se tivéssemos estendido um pouco mais nossas mão em favor do próximo. Gestos simples poderiam ter feito a diferença. Inclusive na Segurança Pública. Sabemos que uma grande parte dos conflitos interpessoais, muitos terminando em morte ou lesões, são causados pela intolerância e intransigência das pessoas. Temos a certeza, também, que grande parte, senão a maioria, dos acidentes de trânsito são provocados pela imprudência e negligência dos motoristas, muitos alcoolizados ao volante e exagerando na velocidade ao conduzir seus veículos. E assim por diante. Se analisarmos detalhadamente, a grande maioria das ocorrências policiais poderiam ter sido evitadas com a observação de regras pré-estabelecidas, até legalmente, ou com a adoção de posturas mais conscientes e respeitosas. Devemos salientar que neste ano, nos 365 dias que se passaram, a Brigada Militar esteve ao lado da comunidade, sempre disponível para ser acionada através do fone 190 ou de qualquer outra forma. E assim será no próximo ano. A população pode contar com a preocupação da polícia militar gaúcha. É claro que, infelizmente e por uma incapacidade física da polícia não poder estar presente em todos os lugares por todo o tempo, nunca poderão ser prevenidos todos os delitos e desvios de conduta. No entanto, o esforço é grande no sentido de garantir uma sociedade mais segura para os cidadãos de bem. Até a próxima e Feliz Natal. Comandante do 34º BPM

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

EDIÇÃO 2009

Revitalização da Praça Coração de Maria 
é entregue à comunidade
À tarde ensolarada do dia 12 de dezembro foi marcada pela solenidade de entrega de revitalização da Praça Coração de Maria. Participaram do ato, representantes do Executivo, Legislativo, empresários locais e a comunidade em geral. Nos últimos meses, o local passou por reformulação do paisagismo, com reaproveitamento de moreias, plantio de mudas e grama. Os banheiros foram reformados e foi feita a correção da drenagem do local. A quadra de esportes está com nova pintura e nova tela de proteção. A pista de skate também ganhou nova pintura, com grafitagem dos muros e uma nova escada de acesso a parte mais alta da rampa. Outra ação realizada foi a manutenção do piso e do calçamento da praça, além da colocação de novas lixeiras. As novidades seguem com a disponibilização de acesso à Internet gratuito via wifi, pelo projeto ‘Conexão Cidadã’, da Secretaria de Administração. A Coração de Maria também recebeu uma Academia ao Ar Livre, com os equipamentos adquiridos pela secretaria de Saúde. O local também foi palco entre os dias 12 e 13, de um campeonato de skate amador e também da divulgação de cervejarias artesanais da cidade e região.


Estudantes realizam tertúlia no Premem
As tradições gaúchas foram cultivadas no evento
Com o objetivo de proporcionar um momento de confraternização entre alunos, professores e funcionários, a Escola Estadual Augusto Meyer, Premem, foi palco de uma tertúlia. A ação teve início por volta das 10 horas, com a preparação dos ingredientes do churrasco e envolveu os estudantes do Ensino Médio da instituição. De acordo com os organizadores, a escola promove anualmente a tertúlia, no mês de setembro, alusivo a Semana Farroupilha, mas em função da greve dos professores estaduais, a atividade foi adiada para marcar o encerramento das atividades do ano. Prestigiaram aproximadamente 400 estudantes que se reuniram em uma área com muito verde nos arredores da escola. O encerramento ocorreu por volta das 14 horas.


Idosos participam de evento natalino
Além do almoço de confraternização, os idosos também ganharam um presente
Integrantes do Lions Club Esteio Industrial promoveram no dia 09 de dezembro, uma festa para os moradores do Lar de Idosos Santa Bárbara. Além do tradicional galeto, com saladas diversas, refrigerante e sobremesa para os internos. Os idosos também foram agraciados com um singelo presente, em celebração a data. Segundo o presidente do clube de serviço, Getúlio Amandio, um dos principais objetivos foi proporcionar um Natal especial para os idosos que vivem no espaço. “Foi um momento de descontração, onde pudemos ouvir uma boa música e deliciar um almoço mais que especial. Tivemos a oportunidade de levar alegria”, disse Amandio.


Eleita a Mesa Diretora da Câmara 
de Esteio para 2016 
MARCELO PEREIRA irá conduzir os trabalhos a partir de janeiro o Legislativo esteiense, em prol da comunidade
Beatriz, Rafael, Marcelo e Harri irão compor a Mesa Diretora da Câmara
O vereador Marcelo Pereira vai conduzir o Legislativo esteiese em 2016. Eleito por unanimidade, na noite do dia 15 de dezembro, durante a última sessão ordinária do ano. Marcelo vai ter na Mesa Diretora o vice-presidente Harri Zanoni, Rafael Figliero e Beatriz Lopes, como 1º e 2º secretários, respectivamente, também eleitos por unanimidade. Marcelo Pereira, que é atualmente o vice-presidente da Câmara, explica que entre suas metas para o próximo ano é aproximar ainda mais o Legislativo da população, assim como zelar para que os debates envolvendo os projetos em prol da comunidade de origem do Executivo ou Legislativo não sejam prejudicados por motivos meramente eleitorais. “Vamos trabalhar em conjunto, centrados sempre na construção de propostas que possam representar ganhos para a sociedade”, disse Pereira. Ele ressaltou que também pretende aperfeiçoar a presença do Legislativo, institucionalmente, em diversas frentes. Durante a sessão, ainda, foram eleitos os líderes de bancada; formadas as comissões permanentes, além de eleita a Comissão Representativa para o período de recesso, que se inicia dia 16 e encerra em 30 de janeiro de 2016.  A posse da nova Mesa Diretora ocorre no dia 30,  na Sala de Sessões Luiz Alécio Frainer.
Perfil - Advogado, 46 anos,  casado, pai de três filhos,  Marcelo Kohlrausch, por 12 anos foi vice-presidente jurídico da Acise,  atualmente reconduzido ao cargo, foi vice-presidente de assuntos políticos da mesma instituição. Conquistou o troféu Mérito Empresarial, presidiu o Conselho de Segurança Pública, e também atua como articulista do Jornal Destaque. Em 2006, publicou o Manual sobre Legislação Eleitoral. Entre 2009 a 2012, foi Secretário de Habitação de Esteio, coordenando o maior projeto habitacional da história da cidade realizando o sonho da casa própria de mais de mil famílias. Na Câmara de Vereadores, além do trabalho propositivo que norteia seu mandato, é presidente da Comissão de Urbanização, Transporte e Habitação.  Marcelo foi eleito em 2012 com 1.748 votos.
Comissões Permanentes para 2016: 
Justiça e Redação: Michele Pereira (presidente); Rafael Figliero; Leonardo Dahmer Urbanização, Transporte e Habitação: Leonardo Dahmer (presidente); Harri Zanoni e Jane Battistello Saúde, Meio ambiente e Assistência Social: Jaime da Rosa (presidente); Beatriz Lopes e Michele Pereira Segurança Pública, Defesa do Consumidor e Direitos Humanos: Harri Zanoni; Felipe Costella, Jaime da Rosa Finanças e Orçamento: Leonardo Pascoal (presidente); Felipe Costella e Jane Battistello Educação, Cultura e Desporto: Beatriz Lopes (presidente); Rafael Figliero e Leonardo Pascoal

Definido os trabalhos para o 
2º Esteio da Poesia Gaúcha
Os organizadores e avaliadores definindo os melhores trabalhos
A Comissão Avaliadora do 2º Esteio da Poesia Gaúcha definiu no dia 12 de dezembro, os dez trabalhos classificados para o festival de poemas inéditos promovido pelas secretarias de Arte e Cultura e de Comunicação Social. A reunião de triagem, coordenada pela titular da SMAC, Ângela Ruas, foi realizada na residência de Wilson Araújo, um dos avaliadores, em Terra de Areia. Os dez selecionados serão apresentados ao público na noite de 27 de fevereiro de 2016, no auditório da Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya, em evento que tem entrada gratuita. Além dos poemas, a noite voltada à cultura gaúcha terá show com a cantora radicada em Esteio Nélida Rossi e com o Grupo Mas Bah!. O próximo passo do festival é a definição, por parte dos poetas, de quem serão os declamadores (intérpretes) a amadrinhadores (músicos que acompanham o declamador) a defender as poesias. Além de serem apresentados ao vivo, todos os trabalhos finalistas serão gravados em CD e impressos em livreto que serão distribuídos a quem for prestigiar o festival. A segunda edição do Esteio da Poesia Gaúcha recebeu 425 poemas de 124 poetas que representaram 61 cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Os números superam os da primeira edição, quando foram inscritos 343 poemas de 100 poetas representando 50 cidades dos três estados do Sul.

PE. ANDRÉ BOANERGES CARBONERA - Missionário Claretiano NATAL OU LAZER? 
Término da aula de catequese. A catequista deixou uma pergunta: Para mim, o que significa o Natal?... Houve muitas respostas. Grafarei algumas... No Natal, irei conhecer o Nordeste. Visitarei o Norte do Brasil... Permanecerei uma semana, na praia. Passarei o Natal no Sul do País... Comprarei presentes para meus afilhados. Durante o ciclo natalino, arrumarei os dentes... Eu?... Farei exames médicos... Telefonarei párea diversos amigos. Trocarei de carro... Pintarei minha casa... Comprarei roupas novas... Preciso arrumar os dentes... Irei ao meu médico... Encontrar-me-ei com amigos... Natal superficial... Pouquíssimos falaram em visitar doentes e pobres. Alguns afirmaram que participarão das Novenas s de Natal e que irão às Missas. E nós, como somos? O Natal, de fato, aproxima-nos do Menino Jesus e da Mãe Dele?... Não esqueçamos: “Natal, sem Jesus, não é Natal!” Transformante e abençoado Natal! Menino Jesus, reinai  em nossas famílias! Muito Boas - Festas!


Procissão alusiva a Nossa Senhora da Conceição reúne milhares de pessoas 
A DATA foi marcada por diversas manifestações 
religiosas e culturais na área
Padre Adilson Kuntzler foi o pároco responsável pelo evento
Mais de cinco mil velas foram entregues a população durante a festa
A tradicional festa em homenagem a Nossa Senhora da Conceição em Sapucaia do Sul encerrou na noite de 08 de dezembro, com a realização de missa campal, no terreno situado nos fundos do templo religioso, na área central da cidade. A celebração foi conduzida pelo padre Adilson Kuntzler. De acordo com os organizadores, foram distribuídas aproximadamente cinco mil velas, mas prestigiaram a festa quase oito mil pessoas. A missa campal iniciou por volta das 19 horas e em seguida houve a procissão luminosa pelas principais ruas do Centro. No trajeto, havia crianças vestidas de anjos, bem como homens e mulheres andando de pés descalços como forma de agradecimento por algo alcançado, por interseção de Nossa Senhora. Entre os assuntos abordados pelo padre Adilson no decorrer da cerimônia foi que não é somente no período de Natal, mas durante o ano devemos propagar a importância do perdão em nossas vidas e ter mais amor as pessoas. Após a solenidade de coroação da imagem da santa, foi dada a largada para os festejos do Natal Luz do município. Uma das primeiras atrações da festa foi o acendimento das luzes na Praça e imediações marcando a data. Também ocorreu a realização de diversas apresentações artísticas e culturais.


O diretor da Casa de Cultura, Daniel Mello
e o violonista Dario Rosa 
Música e dança é apresentada a comunidade 
A Cia de Dança Lori Emanoela realizou na tarde do dia 09 de dezembro, uma apresentação artística, dentro da programação do projeto Natal da Família, organizado pela secretaria de Arte e Cultura do município. Uma das principais atrações, além dos alunos infanto juvenil da companhia foi a exibição de Dario Rosa. Segundo Lori Emanoela, apesar do mau tempo, o público prestigiou o evento no espaço coberto da Rua Garibaldi, no Centro, a convite da pasta. “Foi um momento especial, pois tive a oportunidade de mostrar para a comunidade um pouco da cultura cigana e os símbolos que não podem faltar na mesa, durante o Natal e o Ano Novo”, comentou Lori. Ela informou que a mesa de famílias ciganas não pode faltar frutas e pão, que serve de alimento para as pessoas da casa, como também deve ser repartido a vizinhos ou quem está próximo.
Lori juntamente com os alunos de dança cigana
Avenida Brasil será inaugurada 
APESAR DO ATRASO em sua conclusão, a via expressa tem por finalidade acabar com os alagamentos em grande parte da cidade 
Uma grande festa está marcada para o dia 20 de dezembro, a partir das 16h. Trata-se da entrega da maior obra da história de Esteio. Para marcar a abertura da Avenida Brasil, popularmente chamada de Beira-Arroio, os ciclistas estão convidados para um passeio que vai percorrer todo o trecho da futura via. Quem quiser participar precisa chegar ao local de partida do Passeio Ciclístico, junto à ponte próxima a Avenida Presidente Vargas, às 16h30, para retirar o número de inscrição e a partir das 17 horas, será dada a largada. Os participantes seguirão pela Avenida Brasil, passarão pela Rua Rio Grande, Rua Alvício Nienow, Rua Dona Isabel e retornaram pela Avenida Brasil até o pórtico de chegada, junto à rótula com a Rio Grande, onde será a festa. No palco principal, será feito um sorteio de uma bicicleta. Além do passeio ciclístico, a festa de abertura terá uma rústica pelo mesmo trajeto, com largada às 16 horas, também da ponte. Além da corrida e do passeio, estão programados shows com artistas locais e com o Grupo Zueira. Brinquedos para as crianças e uma série de outras atividades também serão opções para quem for acompanhar a inauguração.
PROJETO - A construção da Avenida Brasil faz parte do projeto de Renaturalização do Arroio Sapucaia. Estão sendo investidos R$ 19,5 milhões na abertura da nova avenida e com a recuperação da área do Arroio Sapucaia, drenagem, saneamento e construção das casas do Loteamento Pôr-do-Sol, para onde foram transferidas 142 famílias que moravam a menos de 10 metros das margens do arroio. Além de servir como importante via de Esteio, ajudando a diminuir o trânsito no Centro da cidade, a avenida vai funcionar como dique, diminuindo possibilidade de enchentes. Do investimento total, R$ 18,5 milhões são recursos do Governo Federal, via Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 1), e R$ 1 milhão da Prefeitura. A recuperação das margens do Arroio Sapucaia gerará um novo espaço para lazer e práticas esportivas, com ciclofaixa e espaço para caminhadas. A obra é uma das prioridades da Administração Municipal.


Afroes realiza festa de Natal para crianças
Representantes da entidade com os apoiadores que ajudaram na festa
O domingo ensolarado e de calor marcou a 13ª edição da Festa Natal da Criança Feliz promovido pela Associação Afro Umbandistas de Esteio (Afroes) em parceria com o templo de Umbanda Mãe Marli e Pai Claudemir. Dezenas de crianças de Esteio e também de bairros localizados em Sapucaia do Sul também estiveram presentes. Uma das solenidades da festa foi a chegada a imagem da Mãe Oxum trazida pelo povo de terreiro, que em 2016 será levado para outro templo religioso da cidade. Também ocorreu uma roda de capoeira com o Mestre Chuça, de Canoas e a Mãe Paula, que encenou a dança dos Orixás, bem como Mãe Guiomar, filha de santo de Mãe Marli e Pai Constantino que alegrou a tarde com muita música. Mãe Marli explicou que a ideia surgiu há 13 anos, através de um sonho, em que a proposta era fazer uma festa para as crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social na região. “Em outro sonho, mãe Oxum me orientou a não chamar mais de natal da criança carente, pois não são eles que são carentes e sim, em muitos casos seu pais ou responsáveis. As crianças mesmo com dificuldades, típicas dessa fase da vida estão sendo um largo sorriso no rosto”, comentou Mãe Marli. Ela frisou ainda que nesse ano a festa tem fatos que ficarão marcados na memória de cidadãos da região, como a enxurrada que devastou parte de Esteio, em julho, bem como a chuva de granizo, em outubro, que causou danos para os moradores de Sapucaia do Sul. “O evento ocorre muito pela ajuda dos colaboradores de vários setores da comunidade que há anos são parceiros, para que possamos atingir um número maior de crianças”.


Registrado o 1º caso de icrocefalia em Esteio 
A MULHER contraiu a doença durante a gestação, 
quando viajava para o Nordeste 
O secretário estadual de Saúde, João Gabbardo anunciou que diante dos primeiros resultados, uma moradora de Esteio que viajou ao Recife no verão passado pode ter contraído Zika vírus. Na época, ela teve febre e procurou atendimento médico, sendo diagnosticada com uma virose e bebê nasceu há quatro meses, com as mesmas características da microcefalia, pois na oportunidade ela estava grávida. Desde então, as possíveis causas para a má-formação eram investigadas, como rubéola e toxoplasmose.  Conforme informações da secretaria Municipal de Saúde de Esteio, o caso é oriundo de fora do Estado e provavelmente foi transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti e associada à microcefalia congênita. A criança nasceu com a patologia que afeta o tamanho da cabeça e do cérebro, influenciando o desenvolvimento mental. A criança está recebendo atendimento especializado. Durante toda a gestação e complicações subsequentes, a mãe foi atendida pelo seu plano privado e não procurou a Rede Municipal de Saúde. Apesar da suspeita de que a transmissão tenha ocorrido no Nordeste há quase um ano, e o baixo risco de novas contaminações na cidade, a Prefeitura está se preparando para reforçar o número de agentes que atuarão no combate aos focos do mosquito. Um processo seletivo de caráter emergencial foi aberto para contratar novos funcionários e reforçar a equipe de campo. Há muitos anos Esteio não registra um caso de qualquer doença transmitida pelo inseto, que também é vetor da dengue e da febre chikungunya. Se a suspeita se confirmar, a Secretaria Municipal de Saúde informará a comunidade. Se caso tiver algum sintoma parecido com uma dessas doenças procure a unidade de saúde mais próximas de sua casa ou a emergência do Hospital São Camilo. Para tirar dúvidas ou denunciar possíveis focos da dengue, ligue para a Ouvidoria da Vigilância Epidemiológica, através do telefone 3473-6377.
SINTOMAS 
- Inicialmente, os sintomas podem ser confundidos com uma simples gripe, provocando: - Febre, entre 37,8°C e 38,5°C - Dor nas articulações, principalmente das mãos e pés - Dor nos músculos do corpo - Dor de cabeça, que se localiza principalmente atrás dos olhos - Dor nas articulações - Conjuntivite - Hipersensibilidade nos olhos, e maior sensibilidade à luz do dia - Manchas vermelhas na pele, que inicia na face e que se podem espalhar pelo corpo e, que podem ser confundidas com sarampo; - Cansaço físico e mental. - Dor na barriga - Além destes sintomas, também pode-se observar, com menos frequência, problemas digestivos, como dor no abdômen, náuseas, vômitos, diarreia ou prisão de ventre, aftas e coceira pelo corpo.


Jogo das Estrelas reúne ídolos 
do esporte na cidade
O público pode assistir duas partidas com jogadores e apreciadores do futebol
Na tarde do dia 12 de dezembro, a comunidade de Esteio e arredores comparecer no campo do Colégio La Salle para acompanhar o Jogo das Estrelas. A competição era entre os times Amigos do Alemão x Tri-Ruas, envolvendo jogadores nas categorias master e adulto. Na partida entre os veteranos a participação de vários craques do futebol como Jair Gonçalves Prates, conhecido como ‘Príncipe Jaiá’, Rafael Dias, Carlos Oliveira, Ailton entre outros. Durante a partida, o público pode observar que mesmo com o passar dos anos, os jogadores mostraram que ainda tem mobilidade em campo, com passes precisos e determinação. Já na segunda partida, na categoria adulto, os destaques ficaram com os jovens jogadores como Abu, que atualmente joga nas categorias de base do Internacional e Lucas Rex jogador do Grêmio. Além desses dois craques estiveram em campo, Rafinha, Lucas Gaúcho, Pitol entre outros. Com a bola rolando, ambas as equipes mostraram empenho em realizar um grande espetáculo realizando um grande jogo onde o resultado final foi a vitória da solidariedade. Também prestigiou a festa, o garoto Getúlio, que esteve presente na abertura da Copa do Mundo em Porto Alegre, dando o ponta pé inicial em uma das partidas. Segundo Márcio Schimtz, também conhecido como “Alemão”, disse que o evento, além do propósito de arrecadar alimentos, teve como objetivo principal reunir amigos e proporcionar um belo espetáculo esportivo espetáculo para os moradores de Esteio e de Sapucaia do Sul.

Projeto dá atenção especial a saúde 
vocal dos professores
O encontro foi realizado no auditório da secretaria de Educação
Um grupo de professores da rede municipal de ensino de Sapucaia do Sul participou no dia15 de dezembro, da palestra “Voz dos professores: da prevenção ao tratamento”. A atividade integra o projeto ‘Fonoaudiologia Escolar’, e, é resultado da parceria entre a secretaria de Educação, através do Centro de Atendimento Municipal e a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas. O tema foi abordada pelas fonoaudiólogas da Casa de Saúde Milena Rizzin e Tatiane Machado Lima. Como a voz é produzida e técnicas para aquecer e alongar a voz, como exercícios antes e depois de falar, foram alguns dos temas apresentados na manhã de hoje pelas profissionais. Segundo Tatiane, é muito comum o professor apresentar alguma patologia, que pode ser prejudicial para fala, como nódulos, cistos e fendas. “Geralmente quando o professor usa demasiadamente a voz, mesmo em momentos como o intervalo, e não faz técnicas que podem beneficiar, apresenta alguma patologia”, comentou. Ela citou ainda que problemas de saúde também podem afetar a fala, como o refluxo. “Pode lesionar as cordas vocais, devido à acidez do suco gástrico que faz com que a pessoa fique pigarreando muito”, disse. Entre os problemas que os alunos enfrentam quanto à fala, está o uso de bico e mamadeiras. Tatiane frisou que professores das escolas de educação infantil já tiveram palestra sobre o tema, mas que no próximo ano, com as visitas semanais, a orientação será mais intensa, pois poderão contribuir mais ainda com a prática. A fonoaudióloga falou que o ideal seria que aos dois anos de idade, quando as crianças já se comunicam, não fizessem mais o uso do bico e nem de mamadeira.


Pugilista esteiense tem sido 
destaque em campeonatos 
A HISTÓRIA DE Gabriel Moro, morador da Vila Nova é marcada por lutas e conquistas de medalhas e troféus
Gabriel Moro e Abílio Mendes
A prática do boxe como forma de dar um outro rumo na vida. Assim foi um dos objetivos do jovem Gabriel José Moro, de 18 anos. Ele relatou que por influência de um amigo, em 2012 foi indicado a procurar o boxe para conseguir perder alguns quilos, pois já estava muito acima do peso normal. Morador da Vila Nova, assim como outros tantos adolescentes, o esporte ajudou a dar outro rumo em sua vida. “Somente no primeiro ano em que começou a praticar o esporte já consegui emagrecer cerca de 45 quilos, o que contribui para uma mudança radical em sua vida’, disse Moro. Ele comentou que o boxe auxilia não somente na parte física, mas também intelectual, dando-lhe mais disciplina, nas atividades cotidianas, como o respeito a família e da maneira em tratar as pessoas. “Hoje vivo para o boxe e não pretendo largar tão cedo. Tudo que conquistei até agora foi por causa do esporte e no futuro pretendo ajudar a revelar novos talentos”. Devido às conquistas que obteve através do boxe, Gabriel Moro é um dos esportistas gaúchos contemplados com a Bolsa Atleta. “Com esse dinheiro, posso me dedicar ainda mais ao esporte e também auxiliar no orçamento doméstico”, enfatizou Gabriel. Ele ressaltou que uma das metas para 2016 é ingressar na Seleção Brasileira de Box, por já ter conquistado o título na categoria acima de 91 quilos, no campeonato em 2015 e a segunda colocação no pódio, em 2014.
INCENTIVADOR - O treinador e educador social Abílio Mendes inicou seu trabalho em 2002, quando se filiou a confederação gaúcha de pugilismo e já se passado mais de uma década o resultado com a descoberta de novos talentos tem sido algo impressionante. “Um dos primeiros atletas que treinei foi Paulo Eduardo Teixeira, que em 2005 conquistou o título de campeão gaúcho de Box, representando a cidade na categoria 60 kg – leve. Tinha uma possibilidade enorme de seguir no esporte e ser um dos grandes destaques”. Abílio conta que sua vida mudou em 2010, quando iniciou uma nova etapa em sua carreira que foi ingressar no Programa Integrado de Inclusão Social (PIIS). “É um trabalho gratificante, pois as crianças e os adolescentes que fazem parte do programa têm muita garra de vencer as dificuldades. Além disso, eles precisam de carinho, atenção e incentivo”. Abílio comentou que a história de Gabriel Moro tinha tudo para ter outro caminho. Ingressou no boxe, na expectativa de emagrecer e melhorar a autoestima. Ao conquistar esse objetivo, na véspera da primeira competição em um dos golpes durante o treino levou um soco no rosto que resultou no rompimento de um dos tímpanos. Devido a isso teve que permanecer três meses sem lutar. “Após a recuperação, uma das primeiras lutas já consegui um título importante. Mas quando ia se preparar para um outro grande evento do esporte cai de skate e quebra a clavícula, que ocasionou uma licença de mais quatro meses”.
Novas conquistas e a busca de novos colaboradores 
De acordo com o educador social Abílio Mendes, após esse período foi oportuno, pois deu um novo animo ao atleta que na segunda convocação conquistou em Mato Grosso do Sul o título de vice-campeão. Após ter passado pela Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya, agora as aulas de boxe ou interessados em conhecer mais o projeto com o propósito de ajudar com recursos financeiros pode ir até o Ginásio Sílvio Batista, localizado na Vila Osório. “Mesmo com recursos oriundos da Prefeitura, toda a ajuda do empresariado e de apoiadores tem sido importante para dar continuidade a um projeto que revela talentos no esporte e homens de bem na sociedade”.


COACH LISIANE POZZA* 
CREF 12525-G/RS 
NATAÇÃO PARA BEBÊS 
A natação para bebês é uma ambientação do bebê ao meio liquido, onde o exercício estimula todas as partes do corpo, devido a água proporcionar movimentos tridimensionais, onde não há barreiras para se mexer e deixando o corpo do bebê mais leve, pois não tem ação da gravidade. Na faixa etária de 6 meses a 36 meses nadar significa, simplesmente, movimentar braços e pernas com ou sem apoio dos pais, além de pequenos mergulhos. Quanto mais cedo o bebê começa a natação, mais relaxado ele ficará na água e ainda terá alguns reflexos do útero facilitando os mergulhos (criamos estímulos). Nas aulas é fundamental a presença de um adulto responsável pelo bebê (preferência pai ou mãe), pois ajuda a terem confiança e a estreitar laços de carinho, e um professor especializado (para orientar as atividades com segurança). Com aulas regulares o bebê tem seu desenvolvimento psicomotor estimulado. Os mergulhos são feitos apenas após o bebê estar adaptado ao meio liquido, o bebê pode tossir, chorar, mas os pais e professor vão demonstrar com gestos e palavras de carinho de que ele foi bem e assim se sentir cada vez mais à vontade. Cada exercício proposto é trabalhado de forma lúdica e cada conquista é comemorada com “festa” e recompensa (um abraço, um beijo). Não há contra indicação fisiológica para o início das atividades na água. Atualmente, os bebês começam a frequentar as aulas de natação já a partir do segundo mês de idade. Mas é necessária a autorização do médico pediatra e principalmente que seja a vontade dos pais iniciar o quanto antes as atividades aquáticas. Temos que observar sempre quando começar, sendo o ideal para o bebê iniciar no verão, pois assim a imunidade aumenta e o deixa preparado para passar o inverno sem ter que interromper as aulas.
Alguns benefícios da natação para os bebês: 
- melhora a coordenação; - aumenta a resistência cárdio-respiratória; - desenvolve noção de espaço e tempo; - estimula o apetite; - melhora a qualidade do sono; - ajuda a prevenir várias doenças respiratórias; - melhora a agilidade para engatinhar, sentar, andar e correr; - faz o coração bater mais rápido e a sua respiração aumenta, fortalecendo-o; - a aula é divertida e proporciona momentos de felicidade dentro da água. Até os 3 anos, as aulas tem duração de 30 minutos, sendo o bebê acompanhado da mãe ou do pai. A temperatura da água fica em torno de 32 graus, ideal para esta faixa etária. Na FitFlex temos opção para bebês de 6 a 24 meses pela manhã (10h45) e a noite (20h30); e de 24 a 36 meses a tarde (17h45). Venha experimentar esta delicia de aula e ter momentos inesquecíveis com seu bebê!

Marina Goltz assume a Delegacia de Esteio 
A POSSE DA NOVA titular contou 
com a participação de representantes
da comunidade 
Representantes de diversos segmentos da comunidade participaram na tarde do dia 14 de dezembro, da posse da nova titular da Delegacia de Polícia de Esteio, Marina Ver Goltz que foi realizado no auditório da Acise. Em seu breve discurso, Marina falou que apesar de pouco tempo de ter trabalhado na Delegacia local, no posto de atendimento a mulher, conseguiu ter uma afinidade com os munícipes. “É uma cidade excelente para executar as funções como delegada e um dos principais focos que pretendo fazer é combater a criminalidade, em especial a assaltos, furtos, violência doméstica e tráfico de drogas”, disse Marina. Ela salientou ainda que outra medida que pretende ser tomada são as operações policiais que contribuem ainda mais para dar segurança a comunidade. Segundo o delegado regional, Fernando Soares, a posse da nova delegada está ocorrendo num momento importante para a Polícia Civil, pois alguns profissionais estão ocupando cargos, através de seus méritos. “As mudanças também são expressivas no poder público, pois dá uma oxigenação e oferece condições para que os servidores incentivem ainda mais a trabalhar”, destacou Soares.
AÇÕES - Fernando Soares ressaltou que o bom trabalho desenvolvido pela corporação são desenvolvidos por policiais civis comprometidos com a integralidade das pessoas. “Somente em 2015, a Polícia Civil realizou aproximadamente 100 operações, que resultou em cerca de 700 presos, além de drogas, armas e munições”, informou o delegado Soares. O chefe do Executivo Municipal, Gilmar Rinaldi enfatizou que a nova delegada trouxe consigo experiências obtidas no trabalho em Sapucaia do Sul e Canoas irá colocar em prática junto com os demais funcionários da DP esteiense. “A parceria com o Poder Público, Judiciário e o empresariado local tende a reduzir a criminalidade”. Marina Goltz já este atuando na Delegacia esteiense onde esteve a frente por um período no posto de atendimento à mulher.


Caminhão furtado é recuperado
O caminhão havia sido furtado na cidade vizinha de Canoas
Policiais militares do 34º BPM efetuaram a prisão de dois indivíduos, com 28 e 36 anos. O fato aconteceu no dia 09 de dezembro, por volta das 12h40, no bairro Três Portos. De acordo com informações, os brigadianos receberam o alerta de que um caminhão estaria sido furtado na cidade de Canoas e que o proprietário estaria seguindo o veículo até o bairro. Diante das características, os PMs encontram um caminhão e próximo haviam dois homens em atitude suspeita. Ao perceberam a presença da Brigada, ambos tentaram sair correndo, mas foram alcançados após alguns metros. Após serem detidos, a dupla foi levada para o Hospital São Camilo para exame de lesão e em seguida para a Delegacia de Polícia, onde foi lavrado a prisão em flagrante pelo delito de furto qualificado. O caminhão foi recolhido ao depósito do Detran da cidade.


Homem é detido no bairro Liberdade
O indivíduo possuía um mandato de prisão
Um homem de 29 anos foi preso na tarde do dia 10 de dezembro, em uma rua do bairro Liberdade. Segundo informações, por volta das 15h30, o indivíduo trafegava pela via, quando foi abordado por uma guarnição, pois estava em atitude suspeita e ao verificar o nome junto ao sistema prisional foi detectado que encontrava-se em seu nome um mandato de prisão. A guarnição levou o suspeito a DP do município, onde prestou esclarecimento.


Suspeito é capturado no Primavera
Um dos PMs que ajudaram na prisão e na recuperação da bicicleta
Uma guarnição do 34º BPM de Esteio efetuou a prisão de um homem de 26 anos, no bairro Primavera. O fato aconteceu no dia 14 de dezembro, por volta das 16 horas. Conforme informações, durante um patrulhamento pelas ruas da localidade, os PMs foram comunicados que um indivíduo havia roubado uma bicicleta a motor no bairro. Após percorrer algumas ruas, os brigadianos encontraram o suspeito com o objeto roubado. Os policiais prenderam e levaram o homem para prestar esclarecimentos na Delegacia de Polícia da cidade.


JOSÉ NILO CORRÊA ALVES 
Ten Cel QOEM* 
Dia-a-dia na cidade 
No último dia 04 de Dezembro, na Câmara de Vereadores, tivemos a formatura de mais uma turma de alunos de nosso município submetidos aos ensinamentos do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência). Durante todo o semestre, aproximadamente 500 alunos das quintas séries do ensino fundamental de escolas municipais, estaduais e particulares tiveram um encontro semanal com um policial militar devidamente habilitado para a função, um policial chamado “proerdiano” que, por possuir um perfil adequado, recebeu treinamento específico para frequentar o interior das salas de aula onde, com o acompanhamento dos professores regulares, deu conselhos, alertas e explicações sobre os malefícios do envolvimento com drogas e situações violentas, além de procurar despertar e incentivar a auto-estima entre os jovens. Na realidade, este programa social, o principal da Corporação Brigada Militar, começou a ser executado em nosso Estado em 1998 (em Esteio iniciou-se em 2000, completando em 2015 quinze anos de atividades) e traz um modelo importado dos Estados Unidos. É antes de mais nada uma ação de prevenção primária que visa preparar a juventude para encarar as tentações quando estas se apresentarem, dizendo não à pressão dos grupos e até aos amigos mal intencionados. O PROERD é uma pequena contribuição da Brigada Militar para que as novas gerações tenham melhores condições de desenvolverem-se de forma sadia, dando origem a cidadãos honestos e produtivos. No entanto, a família e a escola são atores importantíssimos neste processo e, acompanhando seus filhos e alunos, sempre atentos a sinais de desvios, estarão contribuindo para que uma sociedade melhor se apresente no futuro. A Polícia fará a sua parte, seja ela preventiva ou repressiva, mas cabe a todos nós a consciência de que os exemplos arrastam e a presença constante na vida destes adolescentes é imprescindível e faz toda a diferença. Até a próxima.
Comandante do 34º BPM

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

EDIÇÃO 2008


História do Brasil será retratada em dança 
O Studio de Dança La Flore fará nos dias 22 e 23 de dezembro, a apresentação do espetáculo de dança “Brasil História”. O teor do espetáculo é retratar através da dança diversos momentos e fatos históricos do país nos mais de 500 anos de existência. A festa irá ocorrer no Teatro Municipal em São Leopoldo, em função da falta de espaços adequados para esse tipo de shows. Interessados podem ir até o espaço de dança localizado na Avenida Padre Claret, em frente ao Colégio La Salle, no Centro. As bailarinas irão mostrar o trabalho desenvolvido ao longo de um ano sob a supervisão de Melissa Salgado. O Teatro leopoldense fica na Rua Osvaldo Aranha, 934, Centro.

Melissa Salgado é uma das
responsáveis pelo grande 
espetáculo de dança



CT são diplomados em Esteio 
A SOLENIDADE ocorreu no Plenário da Câmara de Vereadores e deu posse para todos os participantes do pleito
A Sala de Sessões Luiz Alécio Frainer, na Câmara Municipal foi palco na noite do dia 02 de dezembro, da solenidade de diplomação dos novos conselheiros tutelares do município eleitos em dezembro. Participaram do ato, representantes de diversos segmentos da comunidade, ligados a área, bem como familiares e amigos. A abertura do evento foi marcada pela apresentação artística de alunas do Programa Integrado de Inclusão Social (PIIS), sob a supervisão da professora Milena Maculan. A mesa autorizada para a diplomação foi formada pela presidente da Comissão Eleitoral do pleito, Sueli Peres; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (Comdica), Jeanine Godoi; o presidente do Legislativo, Leonardo Dahmer e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Cidadania, Adival Soares.
INICIATIVA - Sueli disse que pela primeira vez na história desde que foi implementado o Conselho Tutelar, a partir do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), a escolha dos novos conselheiros ocorreu de forma unificada em todo território nacional. “Foi um período em que todos que trabalharam no processo foram importantes para que aqueles que irão ajudar a proteger as crianças e os adolescentes sejam capacitados e responsáveis”, disse Sueli. A presidente do Comdica ressaltou que o órgão foi atuante e irá acompanhar o trabalho das futuras conselheiras tutelares. Representando o Executivo, na diplomação, o secretário de Desenvolvimento e Cidadania, Adival Soares parabenizou a diplomação dos eleitos e dos suplentes e enfatizou que o trabalho com esse público tem crescido ao longo dos anos e a cada pleito, a qualificação dos conselheiros torna o grupo mais seletivo. “Com a infraestrutura que há em Esteio, no que tange ao atendimento de menores em situação de risco, os novos conselheiros tem condições de prestar um serviço de qualidade”.


A missão de cuidar das 
crianças e dos adolescentes
A atual coordenadora do Conselho Tutelar, Laura Accioli falou em nome do atual colegiado. Ela relatou que como educadora foi uma experiência marcante e que possibilitou a mudar alguns conceitos na vida. “Uma das principais características para atuar nessa área é ter paciência e sabedoria. Outra função importante é ouvir os lados envolvidos e não fazer julgamentos precipitados”, disse Laura. Ela comentou ainda que apesar de alguns avanços, ainda há muito no que avançar.

Laura relatou a experiência
junto ao Conselho Tutelar da cidade


 Um novo momento para um trabalho intenso
Janaina destacou as ações que devem ser tomadas na comunidade
Em nome do nome do novo colegiado, Janaina Santos ressaltou que o trabalho dos próximos conselheiros tutelares não fica restrito apenas dos menores, mas também a ajudar toda a família, na defesa dos direitos humanos. “A sociedade deve estar unida para que agressões ou ações indevidas não atinjam as crianças e adolescentes. Na atualidade temos políticas públicas de enfrentamento a violência e precisa ser colocada em prática e deixar apenas no papel”. Janaina citou ainda que em pleno século 21 ainda são cometidas barbáries, em que os principais alvos são jovens pobres, negros e que vivem nas periferias das grandes cidades. “Além disso, desde a infância tem meninas que são alvos de machismo dentro de casa e ficam por longos anos caladas por medo. As pessoas aos poucos devem ter consciência que para termos um lugar mais justo e digno devemos cuidar bem das crianças e dos adolescentes, pois serão eles que no futuro irão administrar a Nação”.


PE. ANDRÉ BOANERGES CARBONERA 
Missionário Claretiano 
ADVENTO À BRASILEIRA 
Sim. ADVENTO é chegada, vinda. ADVENTO: importante tempo de preparação para a VINDA do MENINO JESUS. No Brasil, outrossim, vemos umas coisinhas curiosas, interessantes e chocantes, até... Exemplifiquemos... O comércio, as ruas, as casas e as praças receberam adornos natalinos. Indubitavelmente, algo muito pulcro. Belíssima beleza! Contudo, os responsáveis se olvidaram do personagem mais importante, deixando-o no ostracismo: O MENINO JESUS. Gesto ignominioso! Sabemos: NATAL, SEM MENINO JESUS NÃO É NATAL! Falando em Natal, o brasileiro pensa nas férias, na praia, no Carnaval. As dívidas são penduradas. As contas serão acertadas mais tarde... E daí?... Então, os festejos natalinos se transformam em hodiernos calotismos, lamentavelmente... Como comemoramos o ADVENTO, hem?... Participamos das novenas de Natal e dos movimentos natalinos?... E as músicas atinentes ao NATAL?... Raríssimas! As rádios dão a impressão de sentir vergonha do tema relativo ao Deus Menino... Entretanto, já podemos ouvir músicas carnavalescas... Por acaso, as emissoras tocam melodias natalinas, no Carnaval? Se afirmarmos que nosso Advento é à moda brasileira, muitos irão rir ou negar... Jesus insiste: “– Quem quiser entender, entenda!...” Advento é a justiça, honestidade, coerência. Casos, como o do Tiririca, revelam que neste querido país há infindas injustiças, desonestidades e incoerências. Advento: Procuramos ser justos, realmente? Outra questãozinha. Por que os homens participam tão pouco das novenas de Natal?... Oportuníssima pergunta! Renovador ADVENTO para todos! Para concluir: NATAL, SEM JESUS, NÃO É NATAL! Fui.


Incêndio destrói a Artefina 
A FUMAÇA pode ser observada por diversos 
pontos de Esteio e até Sapucaia do Sul
As guarnições dos bombeiros ajudaram a controlar o fogo
As chamas atingiram somente parte do prédio frontal da empresa
Por volta das 11 horas do dia 08 de dezembro, uma grande fumaça chamou a atenção de motoristas e de moradores de diversos bairros da cidade. O motivo foi o incêndio que atingiu um dos prédios principais que por muitos anos sediou a empresa têxtil Artefina, localizado na divisa entre Esteio e Sapucaia do Sul. Uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi acionada com pelo menos três viaturas. A princípio o espaço que foi alvo do fogo estava fechado e possuía apenas um pequeno estoque de linha para costura. Segundo moradores que residem nas imediações, Julio Sal, é uma tristeza observar que uma das mais importantes empresas da cidade, que empregou centenas de esteienses e sapucaienses, por longas décadas termine dessa forma tragica. “Foi um espaço de amizades, namoros e encontros e por décadas ajudou a fomentar a economia da cidade e região”, frisou Sal. A agilidade dos bombeiros de Esteio e Sapucaia foi algo impressionante, pois caso contrário, o fogo teria se alastrado e o prejuízo poderia ser muito pior. Parte do telhado foi destruída no sinistro. O Sargento Álvaro do Nascimento, do Corpo de Bombeiros da cidade atuou para que não ocorresse maiores estragos na edificação da empresa, localizada nas margens da BR 116.

Comemoração dos 75 anos do Coração de Maria 
O ATO JUBILAR foi organizado pela Câmara de Vereadores
A imagem da santa conduzida por integrantes do Terço dos Homens
Integrantes da igreja fazendo a vigília no momento em que a santa era colocada no altar
Os 75 anos de fundação da Paróquia Imaculado Coração de Maria foi comemorado com um ato solene, promovido pela Câmara de Vereadores. O evento foi realizado na noite do dia 08 de dezembro, na Sala de Sessões Luiz Alécio Frainer e contou com a participação de representantes de diversos segmentos da comunidade, em especial do âmbito religioso. Entre as atrações da festa aconteceu a leitura da oração do ano jubilar, bem como a exibição de um vídeo retratando um pouco da história da igreja com depoimentos de personalidades que ajudaram na trajetória da paróquia nessas mais de sete décadas de existência. Os depoimentos do vídeo ficaram a cargo do diretor do Jornal e do Museu Histórico Destaque, Miguel Luz e o fotógrafo Genásio Ramos. Também falaram o casal Roque e Teresinha Rambo, Ilsa Kauer, Veleda e Dileta Klein. De acordo com o vereador Leonardo Pascoal, autor proponente da solenidade, a realização de uma ação que acontece em um ano jubilar representa a presença de Jesus Cristo, através de seus ensinamentos que perduram pela passagem dos séculos. “É um momento festivo de lembrar também as pessoas que ajudaram na construção do templo religioso e das atividades realizadas ao longo dos anos”, disse Pascoal. Ele relatou que a história para a instalação da igreja surgiu na década de 1940, quando Dom João Becker, o então arcebispo na ocasião autorizou para que fosse implantada uma igreja na então Vila de Esteio, distrito de São Leopoldo. “Para que isso ocorresse, a comunidade teve um papel importante e foi a protagonista da iniciativa, como também após alguns anos, o padre Monsenhor Geraldo Penteado de Queiroz, foi uma das pessoas envolvidas no processo de emancipação do município na década de 50”. O vice prefeito, Fladimir Perondi Costella esteve representando o Executivo Municipal no ato solene. Também houve a apresentação do hino jubilar dos 75 anos do Coração de Maria cantado pelo Terço dos Homens. Já o Coral ‘Vozes do Coração’, regido pelo maestro Tanilo apresentação a canção Imaculado. O encerramento foi marcado pelo Coro Municipal de Esteio, sob a regência de Renato Donini.
O proponente do ato, Leonardo Pascoal entregando a placa de 75 anos para a igreja,
 juntamente com o pároco Darley José Kummer e o arcebispo metropolitano Dom Jaime Spengler 
Padres destacam a importância da data junto à comunidade 
O pároco da Igreja, Darley José Kummer destacou que é um momento especial para a comunidade esteiense, que mantêm até os dias atuais a missão da reconciliação e o amor entre as pessoas. “Ao longo dos anos, a igreja esteve presente colaborando com a sociedade dando ferramentas para um local mais justo e digno para viver”, falou o padre. Ele afirmou que a vida baseada nos ensinamentos de Jesus Cristo dá um sentido mais verdadeiro e alegre. Para o arcebispo metropolitano Dom Jaime Spengler, estar no Parlamento municipal é expressivo, pois a política é uma das atividades mais nobres, pois são pessoas que são escolhidas para cuidar do bem comum das pessoas. “Apesar da situação em que se encontra o país e o mundo, a esperança que vem aflorando nas crianças e nos jovens nos dá um animo para que talvez ocorra uma mudança”. Ele disse que celebrar a memória de um templo religioso que possui uma história bonito é algo para ficar eternizado na vida da comunidade.
O público pode conferir peças sobre a igreja que fazem parte do acervo do Museu Histórico Destaque
Representantes da Acores 
participam de corridas em POA 
OS CORREDORES conquistaram medalhas e 
troféus expressivos nas competições
A Corrida do  Grêmio mostrou o potencial da entidade esportiva de Esteio 
Em mais uma competição de corrida, a Associação dos Corredores de Rua de Esteio (Acores) conquistou títulos expressivos para a entidade. No dia 06 de dezembro, os atletas da cidade participaram da Corrida do Grêmio, que aconteceu nas imediações da Arena, situada no bairro Humaitá, em Porto Alegre. Além dos corredores, a festa esportiva também contou com a participação de ex-atletas do clube e apresentações artísticas e culturais. O percurso foi dividido em 3km e 6 km, bem como a caminhada, 3 km. Entre os corredores de Esteio, Cleider Evandro Hoffmann, Marlom Juares Camões e Adão Juares Camões obtiveram resultados expressivos na corrida em 6 km. Entre as mulheres, Elisabete Oliveira Pascoal ficou em quarta colocada na categoria 54 a 59 anos, percorrendo o trajeto em 27 minutos e 31 segundos. No mesmo dia, também ocorreu a final do Circuito do SESC RS, prova de 10 km. Richard Pacheco que é treinado por Adão Juares conquistou a segunda colocação do geral e Silvia Webber, na terceira posição no ranking. Cerca de 1,2 mil corredores de todo o Estado participaram da competição que teve como ponto de largada, a Rótula das Cuias, próximo ao Parque Harmonia. A atividade reuniu os classificados das 13 etapas que ocorreram em diversas cidades do Estado, entre fevereiro e novembro. A prova aconteceu na categoria adulto feminino e masculino (a partir dos 16 anos), nas modalidades comerciário e usuário, com as distâncias de 3 km, 5km e 10km.


Ecoponto é aberto à população
A ideia é evitar que o lixo seja descartado irregularmente nas ruas
Os esteienses têm um local adequado para descartar materiais como papel, plástico, vidros, restos de obras, madeiras, podas de árvores e móveis velhos, entre outros. O novo Ecoponto, sediado na Rua da Paz, em frente ao Cemitério Municipal Dois de Novembro, foi aberto oficialmente no dia 08 de dezembro. O espaço funciona das 8h às 20 horas, de segunda-feira a sábado. O local, que conta com guarita de segurança, deve receber ainda um paisagismo na área interna, com plantio de árvores de pequeno porte. Não é permitida a entrada de caminhões, apenas carros, caminhonetes, reboques e carroças. O material deve ser separado antes do descarte, já que há áreas definidas para cada tipo de descartável. O volume também está restrito a apenas 2 m³ por pessoa. É necessário se identificar aos funcionários na entrada, informando dados como nome, endereço e tipo de material a ser descartado. Na área externa estão dispostos contêineres para descarte de material reciclável, como papel e plástico. Durante a primeira semana de funcionamento, a Patrulha Integrada de Proteção Ambiental (PIPA) estará no local acompanhando e ajudando a informar os usuários sobre o funcionamento do Ecoponto.


Veículos de tração animal deverá ser abolida após aprovação de lei 
O Legislativo esteiense aprovou recentemente o Projeto de Lei instituindo o Programa de Redução Gradativa do Número de Veículos de Tração Animal (VTAs). Com isso, dentro de um prazo de até seis anos deverão ser realizadas ações de substituição dos veículos e/ou reinserção dos condutores e suas famílias em outras atividades produtivas. Após este período a circulação de veículos estará proibida em definitivo no município. De acordo com o vereador Leonardo Pascoal, a utilização desses veículos, vai na contramão dos avanços obtidos em políticas de bem-estar animal. Ele destacou que, além de prejudicar a mobilidade do município, tornando o trânsito mais lento e perigoso, nesses veículos, muitas vezes, os animais passam o dia todo sem se alimentar corretamente.


SUZANA JABONSKI* 
ACABOU A DESAPOSENTAÇÃO? 
Muitas dúvidas ficaram depois que nossa Presidente Dilma vetou, no dia 04/11/2015, os artigos da Lei nº 13.183 que previam legalmente a desaposentação. E agora, será que a desaposentação acabou? Antes de responder a esta pergunta, preciso explicar como ela surgiu e como vinha sendo aplicada. A desaposentação nunca foi prevista em Lei, ela surgiu a partir de teses de estudiosos do Direito Previdenciário, que foram aproveitadas por advogados e aceita por muitos juízes, a ideia central da desaposentação é a seguinte: * O aposentado continua a trabalhar e a contribuir com o INSS após a sua aposentadoria; * Todos os períodos contribuídos após a aposentadoria não vão retornar de forma alguma para este aposentado, ou seja, ele não terá nenhuma contraprestação por continuar contribuindo ao INSS; * Isso fere o chamado princípio ”contributivo retributivo” no qual é baseado o nosso Sistema de Previdência Social, que diz que as contribuições feitas pelo trabalhador devem obrigatoriamente refletir em benefício previdenciário. Portanto, a desaposentação é um ato voluntário que parte do próprio segurado onde o mesmo pleiteia o cancelamento de sua aposentadoria, visando a concessão de outra mais vantajosa pelo fato de permanecer ou voltar a trabalhar na vigência de uma aposentadoria, é o pedido de recálculo do salário de benefício por aquele que se aposentou sujeito ao fator previdenciário e continuou trabalhando. Em outras palavras, ele pede renúncia de sua atual aposentadoria e novamente se aposenta, só que agora com um novo benefício mais vantajoso. Atualmente, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) é favorável à desaposentação e o STF (Supremo Tribunal Federal) ainda está para julgar a matéria, visto que houve o reconhecimento da sua repercussão geral, ou seja, a extensão da sua validade a todos os processos em andamento na Justiça. A TNU (Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais) também é favorável. Isso quer dizer que ninguém consegue a desaposentação apenas a requerendo amigavelmente, já que o INSS não reconhece a desaposentação, alegando que não há previsão legal, por esse motivo é necessário entrar com um processo contra o INSS para obter o reconhecimento de computar o tempo contribuído após a aposentadoria como tempo de contribuição e consequentemente uma nova aposentadoria mais vantajosa. COMO SOLICITAR A DESAPOSENTAÇÃO Resumindo, todo segurado que, após se aposentar, continuou trabalhando e contribuindo para o INSS pode pedir a sua desaposentação, mas isso após verificarmos através da elaboração de um cálculo de que a desaposentação realmente irá aumentar o valor do benefício e será bem mais vantajosa ao segurado. E ainda, como esclarecido acima, a desaposentação não está prevista em lei, por isso o INSS não reconhece e não concede esse pedido. Assim, a troca do benefício antigo por um novo mais vantajoso só pode ser obtida na Justiça. Também vale esclarecer que o INSS não suspende o pagamento do benefício quando o segurado entra na Justiça, ou seja, o mesmo continua recebendo o benefício de forma normal. Portanto, o veto da nossa Presidente Dilma em nada alterou os processos de desaposentação que estão em andamento, apenas vetou um projeto de Lei onde o aposentado poderia requerer a desaposentação direto no INSS, deste modo, o aposentado que quiser solicitar a desaposentação, continua precisando procurar um advogado e ingressar com uma ação judicial para ter seus direitos garantidos. *Advogada

Alunos participam de ato do Proerd 
CERCA DE 500 alunos se formaram no segundo semestre em cerimônia no Plenário da Câmara de Vereadores
O ganhador da bicicleta no turno da manhã
Mais de 500 estudantes participaram do projeto nesse semestre
Cerca de 500 crianças do quarto ano da rede escolar do município participaram no dia 04 de dezembro, da solenidade de formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à violência (Proerd). A cerimônia aconteceu nos turnos da manhã e a tarde na Sala de Sessões Luiz Alécio Frainer. A mesa que conduziu as atividades foi formada por representantes da Brigada Militar, Legislativo, secretaria de Educação e Segurança. Também prestigiaram representantes do segmento empresarial e do Consepro. Segundo o tenente coronel do 34º BPM, José Nilo Corrêa Alves, um dos principais objetivos do Proerd ao longo de sua existência é conscientizar principalmente as crianças sobre os malefícios e os perigos que envolvem aqueles que usam drogas, independente se é licita ou ilícita. “A prevenção primária é importante, pois ajuda a não ingressar nesse mundo que só prejudica sua vida”, disse o tenente coronel. Ele salientou que o Proerd também oportuniza uma aproximação entre os policiais e a sociedade. “Não queremos que as pessoas vejam a Brigada Militar como inimiga que agride por qualquer motivo. Pelo contrário, somos profissionais que estão para proteger e cuidar a segurança dos cidadãos de bem”.
TRABALHO - Nesse ano, o Proerd em Esteio completou 15 anos de existência e atuando há seis, o soldado Machado vem trabalhando intensamente para o sucesso do programa. “Em mais de uma década de mobilização junto às instituições de ensino é mostrar que as drogas fazem mal. Por isso, o estudo e o esporte são alternativas para uma nova geração mais saudável e dedicada”. Machado frisou que um dos motivos para o sucesso do Proerd é o respaldo dado pelo comando, no que tange a realização de atividades, assim como o apoio dado pelo empresariado que acreditou no programa e desde o início dá sua contribuição. Durante a solenidade ocorreu a divulgação do nome dos estudantes classificados em 1º e 2º lugar no concurso de redação, onde o primeiro lugar de cada turno foi agraciado com uma bicicleta O Proerd completou em 2015, 15 anos de trabalho e ajudou a formar mais de dez mil alunos do município. Somente no último ano, mais de 95% das turmas do 5º ano do ensino fundamental foi formada pelo Proerd.


Rua do Jardim Planalto está em obras
Além das péssimas condições, alguns moradores chegaram a sofrer com alagamentos
O comerciante Itamar dos Santos, 41 anos acompanhou a ação das máquinas na Rua Viterbo José Machado, no bairro Jardim Planalto. Morador há cinco anos na via, essa obra era aguardada, pois tem como objetivo repavimentar a via. “Dá pra ver que o asfalto era muito fino. Passa muita lotação por aqui’, disse Santos. Ele salientou que além dos problemas ocasionados pelos buracos, a falta de drenagem prejudicava dezenas de famílias na região. Na obra, que deve mudar esta realidade, estão previstas a repavimentação da via, a drenagem, sinalização e acessibilidade. A parte de drenagem foi concluída na última semana, com colocação de cerca de 57 metros de canos de 60cm de diâmetro. A tubulação antiga era apenas de esgoto cloacal. No momento, o foco é a repavimentação. Após a retirada do asfalto antigo, a rua deve ser reperfilada, a via fresada e os meios-fios reconstruídos. Após isso, toda a via deve receber o recapeamento. O investimento total na ação, que deve durar cerca de três meses, é de R$ 225,6 mil.

Aprovado o empréstimo bancário para pagamento dos funcionários do São Camilo 
O projeto de lei, de iniciativa do Executivo, que autoriza a Fundação Saúde Pública Hospital São Camilo de Esteio a indenizar o 13º salário dos funcionários, através de empréstimo bancário, foi votado na noite do dia 08 de dezembro, durante a sessão da Câmara de Vereadores. O documento ingressou na ordem do dia, através do Regime de Urgência (RU). Diante da situação, representantes da Casa de Saúde, bem como do Executivo e Legislativo participaram de uma reunião para debater a matéria. O limite máximo da transação é de R$ 1.300.000,00. Segundo os vereadores, o Estado encontra-se em atraso no pagamento do contrato de gestão com a fundação. A dívida com a FSPSCE, conforme a direção do hospital, atualmente, é de mais de R$ 7 milhões. “Em função da crise financeira que enfrenta, o São Camilo não tem como realizar os devidos pagamentos sem que tenha o apoio da Instituição Financeira”, argumentaram. Uma emenda da Comissão de Finanças e orçamento, garante a quitação da dívida durante a gestão de 2016.


Eleita a nova diretoria da Acise
A presidente Alice Grecchi entre os empresários João Vargas e Longuinho Muzykant
Desde sua criação, há 60 anos, pela primeira vez ocorreram eleições na ACISE de Esteio. Concorreram, como cabeça de chapa, João Vargas, pela chapa 1 e Longuinho Muzykant, pela chapa 2. O pleito mobilizou grande número de associados e teve na apuração final 74 votos para a chapa 1 e 77 para a chapa 2, e um voto nulo, elegendo, portanto, Longuinho Muzykant como presidente da entidade para o biênio 2016/2017. A diretoria deverá tomar posse em data ainda a ser determinada.
A nominata da diretoria eleita 
Presidente: LONGUINHO MUZYKANT; Vice-presidente Administrativo: CARLOS SIMON; Vice-presidente de Indústria: DANTE BETTANIN; Vice-presidente de Serviços: ANTONINHO BELLORINI; Vice-presidente de Comércio: CELSO DALMÁS; Vice-presidente de Comunicação e Marketing: MALU STORCK; Vice-presidente de Eventos: CLÁUDIO STORCK; Vice-presidente de Instituições Financeiras: CARLA ADRIANA CORREA LEMES; Vice-presidente de Jovens Empresários: SUELEN SCHMITZ; Vice-presidente de Rel. Institucionais e Sociais: ALICE GRECCHI; Vice-presidente Financeiro: MILTON WEIGEL; Vice-presidente Jurídico: MARCELO KOLHAUSCH PEREIRA; Vice-presidente de Micro e Pequenas Empresas: TIAGO FILBER; Vice-presidente Ramo Imobiliário: SANDRA VALQUIRIA F S KLERIN; Vice-presidente de Assuntos Tributários: CLEITON CHARUTTI; Vice-presidente de Conselhos e Meio Ambiente: JOÃO CARLOS MELLO; Vice-presidente de Responsabilidade Social: ALESSANDRA FAVERO; Vice-presidente de Patrimônio: JOSÉ RENATO ROCHA SCHMIDT; Vice-presidente de Educação e Cultura: SANDRO SEVERO
CONSELHO FISCAL: MARTA TEREZINHA AIRES; MARCELO KOLHAUSCH PEREIRA; JORGE NORBERTO KORNDORFER; FLAVIANO MALAGGI; PAULO LUIZ ZAIONS; MÁRIO ROGÉRIO BROCK


JOSÉ NILO CORRÊA ALVES - Ten Cel QOEM* 
Dia-a-dia na cidade 
Anualmente, a Brigada Militar desenvolve operações sazonais que são consideradas de grande interesse institucional. As Operações Golfinho, Volta às Aulas e Papai Noel são as maiores coordenadas pela Corporação e ocorrem em todos os municípios do Estado. Especificamente a Operação Papai Noel é desencadeada a partir dos primeiros dias de Dezembro e tem por objetivo coibir furtos e roubos nas áreas comerciais das cidades, dando mais segurança a clientes e funcionários do comércio nesta época que, por conta do Natal e Festas de Final- de- Ano, é de consumo alto e grande movimentação de pessoas. Assim, embora a presença ostensiva da polícia seja incrementada neste período, devemos recomendar cuidado e atenção àqueles que dirigem-se ao comércio a fim de realizar suas compras. Alguns conselhos úteis são: dar preferência ao uso de cartões de crédito evitando portar grandes quantias em dinheiro; se utilizar automóveis, procurar estacionar em locais mais movimentados, evitando deixar objetos à mostra no interior do veículo; se conduzir bolsas, mantê-las a tiracolo junto à frente corpo; estar sempre atento ao movimento a sua volta acionando a polícia ou entrando em algum estabelecimento se observar movimentação de indivíduos suspeitos. A Brigada Militar desenvolveu um planejamento que, além da área central da cidade, deve abranger os bairros de maior movimento comercial e, nestes locais, o patrulhamento motorizado e a pé deve ser intensificado. No entanto, a atenção e o cuidado individuais são importantíssimos. O momento é de festas, mas a segurança de cada um passa, também, pela conduta segura e preocupada de todos nós. Até a próxima. *Comandante do 34º BPM



Homem é preso após violentar crianças no Jardim Planalto 
NA CASA DO SUSPEITO, os policiais encontraram 
um arsenal de armas e munições
Armas e munições foram encontradas na casa do suspeito
Um homem de 67 anos foi preso na tarde do dia 05 de dezembro, por volta das 18h30, em sua residência localizada no bairro Jardim Planalto. Ele é suspeito de ter violentado sexualmente duas meninas com idades entre 10 e 14 anos, ambas com deficiência mental. O indivíduo é companheiro da avó das meninas. O fato se deu após uma guarnição ter sido alertada pelo servidor plantonista da Delegacia de Polícia do município, que duas meninas estavam prestando depoimento sobre um estupro realizado por um familiar. O pai de ambas flagrou o ato e encaminhou as meninas ao Hospital São Camilo e em seguida na DP. Segundo informações, o pai das vítimas relatou que além do delito, o homem possuía diversas armas em casa. Diante da situação, as guarnições se deslocaram até a residência, onde com o consentimento do indiciado foi autorizada a entrada no imóvel. Os policiais se depararam com diversas armas, munições, entre outros artefatos. Ao receber voz de prisão, o indivíduo foi levado a DPPA, em Canoas, onde teve prestar esclarecimentos.
Materiais encontrados na casa 
- Uma espingarda calibre 22; - Uma espingarda calibre 28; - Uma espingarda calibre 16 (em ocorrência de furto); - Um revólver calibre32; - Um revólver calibre 38; - Seis munições de calibre 22; - Dez munições de calibre 38; - 22 cartuchos de calibre 28; - 22 cartuchos de calibre 16; - 72 munições intactas de calibre 22; - Um silenciador, uma luneta de mira, dois potes de pólvora, dois carregadores de calibre 22, três capas de espingarda, dois coldres de revólver, uma cartucheira de couro e materiais para recarga de cartuchos (espoletas, chumbo e diversas cápsulas).


BM lança ação para coibir delitos na cidade
A solenidade ocorreu no espaço coberto da Rua Garibaldi, no Centro
Foi lançada na tarde do dia 07 de dezembro, a “Operação Papai Noel”. O evento foi realizado no espaço coberto da Rua Garibaldi e contou com a presença de representantes do Executivo e de segurança. O tenente coronel do 34º BPM, José Nilo Corrêa Alves disse que um dos principais objetivos da operação é intensificar o policiamento nas regiões da cidade onde se concentram uma grande quantidade de estabelecimentos comerciais. “A medida visa dar mais liberdade aos pedestres e comerciantes, proporcionando uma sensação de segurança, onde há presença de pessoas com dinheiro, em função do 13º salário e para as compras de fim de ano”, comentou. Ele salientou que apesar do lançamento da operação nessa data, mas desde o dia 15 de novembro, é possível visualizar mais PMs nas ruas da cidade.